Quero da vida me alimentar na elementar fonte - esquecida - da felicidade.

- Eliana Mora