Não perturbes a paz que me foi dada. Ouvir de novo a tua voz seria matar a sede com água salgada.

- Miguel Torga