À noite quando me separo das coisas, E me aproximo das estrelas ou constelações distantes — Erro: porque o distante não é o próximo, E aproximá-lo é enganar-me.

- Alberto Caeiro