Não se poderá jamais chegar a saber o que cada coisa realmente é.

- Demócrito de Abdera