Às vezes me pergunto, quantas borboletas mais terei que ter em meu estômago, para que saibas que sou o seu jardim e adoro quando encontra abrigo em mim.

- Jéssica Medeiros