O distante é o que aproxima e o ausente - não a ausência - é uma figura do retorno.

- Pierre Fédida