Ciúmes, não tenho porque te amo, mas por ter medo de não poder te ter, ou por não me escolher. Quando você for minha, ele some… Eu prometo.

- Psycopato